Lendas urbanas de Paranapiacaba

Essa vila que em boa parte do tempo vive encoberta por uma névoa densa, traz histórias que para você que anda distraído caminhando por suas ruas, curtindo o festival do Cambuci ou um show do festival de inverno, nunca imaginaria que o local foi cenário para o primeiro episódio da série sobre o Zé do Caixão, interpretado por Mateus Nachtergaele, muito porque a paisagem ajuda: casarões seculares e sombrios, o imaginário de uma vila ferroviária com seu passado de trabalho duro e muitos acidentes fatais, a névoa e alguns moradores que reforçam as lendas urbanas da vila.

20170528_085730 (1)

A conhecida Vila Inglesa de Paranapiacaba, tem essa fama por ter sido erguida para o desenvolvimento de uma ferrovia para escoamento do café, que tinha do desafio de descer um declive acentuado de 800m de altura, descendo a Serra do Mar, para isso o trabalho e a tecnologia dos ingleses foi contratada na metade do século XIX. Assim, as construções e a organização inglesa de uma vila ferroviária, ficam aparentes ao caminhar por suas ruas. A vila pertence hoje ao município de Santo André.64b5e3f0af8d_01_paranapiacaba_vhm

É difícil dizer ao certo sobre a veracidade dos relatos, mas estando na vila, percebemos que as histórias partiram de algum evento real que desencadeou as lendas urbanas. Bem, verdade ou não, muitas histórias são de assustar:

1 O Relógio

O mito relata que houve um acidente envolvendo a colisão entre dois trens, pois o maquinista que partiu da Estação Ferroviária de Paranapiacaba ao olhar para o espelho retrovisor para checar a hora do embarque confundiu os número IV com o número VI, trocando assim o horário do embarque, provocando o choque com outro trem.  Por isso gerou a necessidade da troca do número romano IV por IIII, para eliminar uma futura “confusão”. O acidente provocou muitas mortes. Alguns ferroviários escutam sons de passos no cascalho próximo ao relógio mesmo à luz do dia.

Paranapiacaba - saiba a verdade por trás do famoso mito do relógio

2 Poço das Moças

A cachoeira leva este nome, pois reza a lenda que três moças haveriam morrido afogadas no lago. Um visitante acampou lá e relatou que durante a noite ouviu barulhos estranhos, como se alguém cortasse uma árvore com um machado. O evento costuma se repetir durante a noite no entorno do lago.

Po_o_das_M_2762011_70300

3 O Guarda

Um guarda da ferrovia responsável pela ronda noturna que se comunicava com os moradores para saber se tudo estava bem em suas residências. Ele batia três vezes nas portas do fundo das casas e o morador deveria fazer o mesmo para dizer que estava tudo bem.
6475cf74f3dbe07f01a68977561e2f48
Em uma noite ele foi assassinado, não se sabe o motivo. Mesmo após sua morte, alguns moradores afirmam que em algumas noites ouvem os três toques e que eles ainda respondem para que o espírito não entre em suas casas.

Quer conhecer mais lendas e caminhar em locais misteriosos de Paranapiacaba?

Clique no banner e venha com a gente!

paranapiacaba- tour sombrio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: