Cachoeira Grande e São Luiz do Paraitinga: Ecoturismo e Arquitetura

Cachoeira e São LuizCachoeira Grande

 01

              Para quem gosta de uma boa água gelada no calor e não quer fazer trilhas ou caminhar demais, a pedida é a Cachoeira Grande na cidade de Lagoinha-SP, a 20 minutos de São Luiz do Paraitinga-SP. O complexo fica em uma propriedade particular e dispõe de estrutura com restaurante e instrutores. Para quem curte mais emoção do que somente um banho de cachoeira, vale a pena se aventurar no rapel e na tirolesa pela cachoeira com equipe especializada do local. A Cachoeira Grande faz jus a seu nome: possui 38 metros de queda com um volume impressionante de água. Quem quiser sentir todo esse poder, pode tentar chegar bem debaixo dela nadando no lago para banho.

 São Luiz do Paraitinga

 03

         Essa é a terra dos costumes caipiras, dos rec779-afogadopratos
típicos tropeiros, como o
Afogado (um ensopado de carne muito saboroso), o pastel de farinha de milho, o requeijão de prato, e como toda cidade do interior que se preze precisa ter, a cachaça, da destilaria do Mato Dentro.

 

 

          A música fica a cargo de um dos principais personagens da cidade: Elpídio dos Santos (1909-1970), conhecido na região por compor música caipira, também foi compositor de choro, valsa e outros gêneros. É possível visitar sua casa de cultura que mantém objetos e cadernos com suas composições. Suas músicas foram gravadas por nomes da nossa música como Almir Sater, Sérgio Reis, Fafá de Belém, Vanuza, Renato Teixeira, entre outros, além de ser o compositor preferido de Mazzaropi, com o qual cultivava uma grande amizade.

 oswaldo_cruzOutro morador ilustre foi Oswaldo Cruz: médico, sanitarista e bacteriologista reconhecido internacionalmente por suas pesquisas no início do século XX. Na parte alta da cidade ficou sua antiga casa, um dos pontos obrigatórios para visitação.

 

                   Entre suas construções emblemáticas do período colonial e do início da república, um inegável destaque é a igreja de São Luís de Tolosa, remanescente do início do século XX, completamente devastada na enchente de 2010 e hoje integralmente reconstruída, mantendo sua imponência e beleza. Vale também a visita à igreja Nossa Senhora das Mercês, a mais antiga da cidade, construída em meados do século XVIII, sendo um exemplo de longevidade.

          São Luiz do Paraitinga é uma terra fértil em personalidades, cultura e gastronomia, que através de suas alamedas, construções e igrejas, enche os nossos sentidos de charme e prazeres.

 02

Um comentário em “Cachoeira Grande e São Luiz do Paraitinga: Ecoturismo e Arquitetura

  1. Pingback: Pirapitinga: trilha e cahoeiras – blog da arterra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: